terça-feira, 14 de junho de 2011

Abertura Desfiles São Paulo Fashion Week

01
17h00
Animale
02
19h00
Tufi Duek
03
20h15
Samuel Cirnansck
04
21h30
Reserva




Animale

Direção de estilo: Claudia Jatahy
Direção de criação: Mint
Styling: Luis Fiod
Beleza: Max Webber
Trilha: Hugo Frasa
Tema: Sul da França
Materiais: gaze de seda, linho puro, linho com seda, couro dupla face, flores de paetê de metal, crochê
Cores: Branco, off-white, cinza, lavanda e tons de azul
Formas: Amplas
Highlights: Cores, formas, materiais e casting trabalham em sintonia para formar a mais leve coleção da Animale até hoje. Ainda há o desejo da descoberta de novos materiais, mas as meninas estão mais relax, menos peruas, porém ainda muito elegantes. Ao se inspirar no Sul da França, a Animale traz ar fresco e certo romantismo à coleção, mas vamos lembrar que é um romantismo sob o olhar da estilista Priscilla Darolt, longe de estereótipos. O uso de transparências e os tecidos leves é a chave da edição, é o que traz ventos frescos às roupas da marca. Os florais bucólicos do estilo provençal aparecem em flores de metal e de couro, material que a marca usa com expertise, desenvolvendo uma textura bonita em couro extrafino e todo trabalhado. Da alfaiataria aparecem as mini-camisas, sexy, que deixam a barriga de fora, um dos hits deste verão. Com casting estrelado (Raquel Zimmermann, Joan Smalls, Constance Jablonski, Ana Beatriz Barros, Ana Claudia, etc) e plateia animada (Inez & Vinoodh, Gioavanni Bianco, Erika Mares Guia...), a Animale já pode sair da Bienal e ir direto comemorar. (matéria retirada na íntegra do site FFW.Com.br)



Tufi Duek

Direção de estilo: Eduardo Pombal
Styling: Flavia Lafer
Beleza: Daniel Hernandez
Trilha: Max Blum (uma composição de Philip Glass em parceria com o grupo  mineiro Uakti)
Tema: Arte tribal indígena
Materiais: 100% naturais, plástico reciclado, látex, paetês
Cores: Preto, branco, laranja, limão, urucum
Formas: Retas e justas, comprimentos curtos, costas de fora
Highlights: Eduardo Pombal encontrou na stylist Flavia Lafer sua alma gêmea fashion. Flavia entende o novo minimalismo da Tufi Duek e sabe como trabalhar essa informação sem se repetir ou cair para os deslumbres com as coleções internacionais. Mesmo inspirando-se em um tema tão brasileiro, Pombal apresenta um desfile global, sexy, jovem, e talvez um pouco pesado nos tecidos. Bem bonito o trabalho das texturas, resultado do uso de miçangas e de tramas de cestaria. Se é possível um Brasil minimalista, este é o de Eduardo Pombal. (matéria retirada na íntegra do site FFW.Com.br)



Samuel Cinansck

Estilo: Samuel Cirnansck
Direção executiva: Artur Freitas
Direção artística: Daniel Freire e Patrícia Veneziano
Styling: Claudia Santos, Virgílio Andrade e Samuel Cirnansck
Beleza: Celso Kamura
Trilha: Jackson Araújo
Tema: O universo do fetiche
Materiais: Cetim, musseline, organza, gazar, tafetá, shantung, cetim pesado, cetim duchese, tule point spree e rendas rebordadas, látex, tecidos resinados e couro sintético
Cores: amarelo “radioativo”, rosa “sissi”, azul “sissi”, preto, branco e off-white
Formas: Totalmente ajustadas nos comprimentos curtos, volumosas da cintura para baixo nos comprimentos longos
Highlights: Explorando o universo do fetiche, Samuel Cirnansck dá a cara pra bater (nesse contexto, quase que literalmente) apresentando um desfile cheio de referências sexuais e sadomasoquistas. Dos vestidos curtos com shapes geográficos até os volumosos vestidos de noiva, o cetim era combinado a tule e látex em formas super ajustadas, decotes generosos e recortes estratégicos – como no vestido que de frente parece comportado, mas que é semi-transparente bem no bumbum. O styling também explorava o universo fetichista com mordaças arrematadas em lacinhos, além de cordas que prendiam a cintura e os braços das modelos. Ao som de “Born This Way”, de Lady Gaga, elas caminhavam como noivas sado-masoquistas compondo um visual dramático que pode ter agradado a alguns – mas causou ansiedade a outros. Observar as modelos desfilando vestidos longos em saltos tão altos, e ainda com os braços presos nas costas, causou mais apreensão do que as provocações sexuais da apresentação. (matéria retirada na íntegra do site FFW.Com.br)




Reserva


Fotos: reprodução / divulgação - sites: ffw.com.br / gnt.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário