terça-feira, 31 de maio de 2011

Fashion Rio: segunda 30/05

Line-Up:

01
17:00 h
Alessa
02
18:00 h
Acquastudio
03
19:30 h
Melk Z-Da
04
21:00 h
Patachou
05
22:00 h
2nd Floor



Alessa

Direção artística: Zee Nunes
Styling: Daniel Ueda
Beleza: Robert Estevão
Trilha: Zé Pedro
Tema: Relíquias, antiguidades, espelhos venezianos e muranos.
Materiais: Cetim e crepe de seda, tule, chita, paetês e canutilhos.
Cores: Ocre, laranja, dourado, azul, roxo e verde metalizados.
Formas: Retas e ajustadas ou amplas, como nos káftans de seda e no vestidos na altura dos joelhos com saia guarda-chuva.
Highlights: Alessa sofistica suas criações com tecidos nobres, muitos bordados de paetês e canutilhos, além das flores em tecido no bloco final da apresentação, mais barroco e muito bonito também. São os bordados e os brilhos as grandes estrelas desta coleção, perfeita para mulheres de personalidade como a própria estilista. A estamparia (fundamento da marca) vem quase abstrata, trazendo ampliações de molduras, espelhos e vasos de murano. Ponto também para o styling do desfile, com cabeças esculturais, máxi-brincos esféricos coloridos. (TEXTO RETIRADO NA ÍNTEGRA DO SITE FFW.COM.BR)

Aquastudio

Direção artística: Roberta Marzola
Styling: Davi Ramos e Flávoa Pommianowsky
Beleza: Robert Estevão
Trilha: Zé Pedro
Tema: Cubismo nas formas, Art Déco nas cores e Mondrian no trabalho de canutilho e vidrilho
Materiais: Organza, gazerd, tule de algodão e teares manuais
Cores: Rosas, preto, azul claro, nudes
Formas: Modelagens mais retas e secas ou triangulares, com camadas de tecido sobrepostas, formas geométricas e um exercício em três dimensões
Highlights: A marca continua com seu exercício de volumes e estruturas tridimensionais, só que nesta estação as roupas têm um pé na realidade e há muitos vestidos usáveis, como os de modelagem reta, com comprimento logo abaixo dos joelhos. Há um trabalho de texturas desenvolvido com a aplicação de canutilhos e vidrilhos que remetem à obra de Mondrian, eternizada pela moda através do clássico vestido de YSL. Quem rouba a cena aqui é a cartela de cores, delicada e feminina. A trilha, com som dos Tindersticks, ajudou a dar o tom da atmosfera suave do desfile. . (TEXTO RETIRADO NA ÍNTEGRA DO SITE FFW.COM.BR)


Melk Z-Da

Tema: A árvore Chapéu-de-Sol (também conhecida como Castanhola e Amendoeira) e suas folhas, que ganham cor com o processo de envelhecimento. “É um processo de moda com vida”, diz o estilista.
Materiais: Organza, tear de organza, tule, seda e resina.
Cores: Branco, cinza, verde água lavado, azul e vermelho.
Formas: Predominam os comprimentos curtos acima do joelho, a construção por meio de módulos que se encaixam e o trabalho com diferentes materiais e texturas numa mesma peça.
Highlights: Os vestidos resinados do primeiro bloco, a entrada das folhagens coloridas em plástico acendendo a coleção, o bloco de padronagem gráfica e tribal (“o esqueleto da folha”) e os vestidos trançados com técnica de cestaria do fim da apresentação são pontos-altos da coleção. Um verão rico em conceito e com uma saudável vontade comercial. . (TEXTO RETIRADO NA ÍNTEGRA DO SITE FFW.COM.BR)


Patachou

Estilo: Érika Frade
Direção de desfile: Ruy Furtado
Styling: Pedro Sales
Beleza: Daniel Hernandez
Trilha: Max Blum
Tema: As linhas e os adornos do Edifício Biarritz (década de 40), no Rio; art déco
Materiais: Seda, cetim lavado, renda e tecidos com relevos, como piquê e casa de abelha
Cores: Verde, azul, amarelo, coral, preto e branco; estampas de tucanos, flores e inspiradas nas estampas clássicas de carreaoux (lenços)
Formas: Fluídas, volume da parte de cima com silhueta mais seca embaixo, camisas amplas, saias e vestidos com a cintura no lugar e silhueta marcada
Highlights: Uma coleção sem erros, mas também sem grandes ousadias. As estampas pontuam a apresentação e transforma o clássico carreaoux em saias, macacões e vestidos. O destaque fica por conta da silhueta, com peças mais amplas em cima e mais justas embaixo. Há bons vestidos e a marca acerta também nos looks monocromáticos, como o inteiro verde. Bom o trabalho de camisaria, que rende peças elegantes, clássicas e confortáveis. . (TEXTO RETIRADO NA ÍNTEGRA DO SITE FFW.COM.BR)

2nd floor

Direção de criação: Adriana Bozon
Direção do desfile: Roberta Marzolla
Estilista responsável: Thiago Marcon
Cenografia: Clécio Regis
Styling: Leticia Toniazzo
Trilha: Max Blum
Beleza: Robert Estevão (hair) e Fabiana Gomes Mac (make)
Tema: A Grécia, seus mitos e heróis em visual rocker
Materiais: Jeans, sarja, algodão, musseline e tricô.
Cores: Ciano, magenta, amarelo e preto.
Formas: Ajustadas, mix de shapes do universo rocker com elementos do imaginário grego, com plissados, drapeados e sobreposições criando um efeito de armadura.
Highlights: O jeanswear é o grande destaque da coleção, surgindo tanto em peças básicas, como as calças skinny de lavagem clarinha (“sky bleach”), quanto nos lindos vestidos armadura, evocando uma amazona urbana. A estampa floral bicolor em cores primárias sobre fundo preto é outra boa ideia da coleção, que em seu momento de mais sofisticação apresenta uma série de curtinhos justos em musseline. Jovem, fashion e desejável. . (TEXTO RETIRADO NA ÍNTEGRA DO SITE FFW.COM.BR)


 Fotos: reprodução / divulgação - site ffw.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário