quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

SPFW: 01/02 - terça

Line-UP

01 - 15:30 horas - DO ESTILISTA
02 - 17 horas - ANA SALAZAR
03 - 18:30 horas - FH POR FAUSE HATEN
04 - 19:30 horas - JEFFERSON KULING
05 - 21 horas - LINO VILLAVENTURA


Marca: Do Estilista

Direcão criativa: Marcelo Sommer
Styling: David Pollak
Beleza: Robert Estevão
Trilha: Paulo Bega
Cartela de cores: Preto, bege, castor, rosa, verde e marrom
Materiais: Seda, renda, tafetá com lycra, georgette, gase dublada
Highlights: Após três temporadas procurando um caminho, Marcelo Sommer reencontra a boa forma. E para isso, ele escolhe a linda música “Inspiration”, do Section 25, projeto dos anos 80. Sommer mergulha em seu próprio universo e de lá traz elementos que sempre foram importantes para ele e que estavam um pouco perdidos. Para começar, suas amigas. No casting do desfile estavam Lu Curtis, Mari Weickert, as gêmeas Bittencourt, Isabela Fiorentino, Cássia Ávila, Lara Gerin. Ana Claudia e Dani Raizel, geração que Sommer viu crescer e acontecer. Foi uma delícia rever todas essas meninas juntas. Para a coleção, ele manteve seu estilo que sempre tem uma pegada vintage, mas moldou seus desejos em tecidos mais nobres, como seda e tafetá. Ele limpou os excessos decorativos e encontrou na simplicidade uma (boa) direção a seguir. Há poucas cores, mas uma ênfase na modelagem. Há looks frescos, como o tomara-que-caia floral ou mais trabalhados como o vestido volumoso, meio vitoriano, com cara de antiguinho. Mesmo o longo vestido preto de pois, inteiro fechado, achava sua sensualidade na transparência e na leveza. Por sinal, leveza parece ser a palavra chave  neste novo momento de Sommer.(texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)



Marca: Ana Salazar
Styling: Isabel Branco
Beleza: Henrique Martins
Trilha: DJ Dexter
Tema: As florestas centenárias da região central de Portugal
Cartela de cores: Preto, vermelho, metalizados, verde oliva, cinza
Materiais: Sarja, pele, musseilne, malha, gase e feutro
Highlights: Como de costume, a estilista portuguesa trabalha com, o preto com cor principal. O destaque fica por conta do trabalho com couro (até uma jaqueta estilo perfecto aparecer!) e a série de vermelhos, que apesar de forte, ilumina a coleção(texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)



Marca: FH por Fause Haten
Direção criativa: Fause Haten
Beleza: Ricardo dos Anjos
Tema: “N.A.D.A.”, simplicidade e essência; Catherine Deneuve em “A Bela da Tarde”
Cartela de cores: Preto, bege e cinza
Materiais: Couro e georgette de seda
Formas: Fause trabalha com três formas: triangular em A, mais ampla; uma silhueta mais seca e reta e, por mim, calças mais curtas e com a cintura bem alta
Highlights: Em seu relase Fause explica. “Pensava em cor e não tinha nenhuma vontade, pensava em tecidos e não achava nada que me agradasse. Então resolvi aceitar o Nada que se apresentava. Como fazer uma coleção exercitando o vazio?” Ele de fato limpou os excessos. Há poucas cores e silhuetas, poucos materiais, mas o brilho dos cristais, que aparecem em blusas, mangas e detalhes ficam responsáveis por nos lembrar do verdadeiro DNA de Fause Haten.(texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)



Marca: Jefferson Kulig
Styling: Jefferson Kulig
Beleza: Mario Nova / Studio W
Trilha: Horácio de Bonis
Cartela de cores: Preto, com pontos de azul
Materiais: Tecidos tecnológicos, como TK renda e TK veludo, couros com texturas
Highlights: Kulig também dá uma limpada nos excessos e apresenta uma coleção mais comercial.Tem até um look básico de paletó e calça, ambos sequinhos. O estilista continua com sua busca por novas texturas e, neste desfile, mostra uma colegam de materiais diferentes em uma mesma peça(texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)



Marca: Lino Villaventura
Styling: Reginaldo Vieira e Lino Villaventura
Beleza: Marcos Costa
Trilha: Felipe Venancio
Tema: Homenagem a Paulo Borges, por ter criado a SPFW; o luxo da originalidade
Cartela de cores: Preto, beterraba, vinho, marrom, cinza, branco-gelo, pérola, ocre e petróleo
Materiais: Jersey de malha, gazer de seda pura, tafetá de seda, cetim, tule texturizado, veludo e malha com efeito de couro
Highlights: “Num momento em que o simplismo e a banalidade imperam, os sonhos sempre vão perpetuar aqueles que se arriscam em sonhar”. Suas palavras no release traduzem à risca seu universo, sempre muito rico na busca por materiais nobres e encorpados, que, com sua habilidade, transformam-se desde em vestes delicadas e sensuais a poderosas armaduras(texto retirado na íntegra do site ffw.com.br)


 (fotos: reprodução / divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário