terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Nossa indústria têxtil está indo para o brejo - por Glória Kalil!

"Alô Chics!

Como alguns de vocês sabem, trabalhei por alguns anos numa grande fábrica de tecidos aqui de São Paulo, a Scala D'Oro. Eram os anos 1970 e tínhamos várias tecelagens e estamparias por aqui - e por todo o Brasil. Adorei trabalhar na área e fiquei para sempre ligada a seus problemas. A indústria no Brasil (não só a têxtil, mas todas) era “protegida” por uma legislação que proibia a entrada do produto estrangeiro para que tivesse chance de se desenvolver. Sempre achei essa medida errada, pois não acredito em mercados fechados.

A cadeia têxtil sempre empregou muita gente e foi um susto e um horror quando o governo Collor abriu o país para a importação de uma hora para outra, sem nenhum aviso ou planejamento, e conseguiu com isso que várias fábricas fechassem e fossem devoradas pelo produto estrangeiro.

Por isso, não posso deixar de lamentar profundamente o fechamento de mais uma delas: a Renaux de Brusque, em Santa Catarina, fundada no século 19. Ela era minha fornecedora na época da Fiorucci e tinha um ótimo produto. Pois sucumbiu e está, ela própria, importando tecido da China.

Até quando empresários e governo vão assistir a esse desmanche?

Vamos nos limitar a confeccionar e vender roupas com tecidos importados? É isso que queremos dessa indústria tão antiga e tão empregadora de mão de obra no país?" Glória Kalil.

Esta matéria foi tirada integralmente do site http://www.chic.ig.com.br/

Post dedicado ao amigo-leitor Leonardo Almada.

Beijos,
T.S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário