segunda-feira, 10 de maio de 2010




Lady Dior
A ex-primeira-dama da França Bernadette Chirac pensou num presente para Lady Di e não poderia ter chegado à fotografada com o acessório e transformá-lo em objeto de desejo.
É uma garotinha entre as clássicas, pois só existe há 14 anos. Ficou famosa logo que nasceu, ao ser flagrada com Lady Di. Em 1996, o Metropolitan Museum, de Nova York, inaugurou uma exposição em homenagem a Dior, e John Galliano, que estreava como estilista da grife, criou um vestido para a princesa usar na ocasião. Naquele dia, a princesa combinou a roupa com uma versão azul da Lady Dior. O que já era objeto de desejo virou ícone.
O cannage, motivo do assento das cadeiras do primeiro desfile Dior, em 1947, aparece em sua textura. Já a forma oval do encosto da poltrona Luis XVI foi reinterpretada nas argolas que prendem as alças.
Fonte: Revista Marie Claire melhor conclusão: uma bolsa Dior. De volta à Inglaterra, não demorou para Diana ser

Nenhum comentário:

Postar um comentário